Artigos > SHIATSU

SHIATSU

Considerações sobre SHIATSU

Dr. José Rubens e Rosani Porto

 

Shiatsu é uma palavra de origem japonesa, onde SHI significa dedo e ATSU, pressão, formando, assim, pressão com o dedo. A definição adotada pelo ministério japonês de saúde é a seguinte; “A terapia conhecida por Shiatsu é uma forma de manipulação administrada pelos polegares, dedos e palmas, sem o uso de qualquer instrumento mecânico ou de outro tipo, para aplicar pressão à pele humana, corrigir definições internas, promover e manter a saúde e tratar doenças específicas”.

Assim como todas as técnicas que tem por base a filosofia oriental, o Shiatsu propõe uma forma de tratamento cuja ênfase é o agente (paciente) e não suas manifestações (sintomas), e entende o homem como um ser integral, parte do Universo, cuja expressão é a somatória de componentes físicos, mentais e espirituais em constante relação com a natureza e com todos os seres humanos.

A massagem foi, durante muito tempo, visualizada pelo homem ocidental somente como forma de prazer, sem fins terapêuticos. Hoje, com o conhecimento da filosofia oriental e a descoberta de uma nova qualidade de vida, estamos mudando este conceito. O do-in (automassagem) e o Shiatsu estão classificados como massagens terapêuticas, abrangendo o relaxamento e tratamento das disfunções do corpo.

A massagem com a técnica do Shiatsu desperta no paciente uma nova consciência de si, integrando corpo e espírito. Não estamos apenas “apertando pontos” como se estivéssemos oferecendo um medicamento para o alívio de sintomas. Cada vez que um ponto de energia bloqueada é tocado, nossa atenção se volta para ele e aí se estabelece a integração com o propósito de reverter o processo, e o bloqueio começa a ser dissolvido.

A terapia não substitui, de maneira nenhuma, o tratamento médico, mas auxilia bastante na recuperação do paciente. O seu principal objetivo é a consciência corporal e o equilíbrio energético. Utilizando a massagem Shiatsu, podemos fazer as pessoas se conhecerem melhor.

Toda Medicina Tradicional Chinesa tem como fundamento a “Teoria dos canais de energia” (meridianos). Ela engloba técnicas de moxabustão, do-in, Shiatsu, acupuntura, fitoterapia e nutrição. Apesar das diferentes formas de intervenção, todas essas técnicas tem por princípio básico o equilíbrio energético.

Canais energéticos (meridianos) tem em seu conteúdo a energia. Denominada KI pelos japoneses e CHI pelos chineses, a energia é considerada pela filosofia oriental como a unidade básica de toda matéria. A energia não pode ser apalpada, ela pode ser apenas sentida. Sua manifestação se dá em tudo que é vida e forma.



Confira Também:

REGENERAÇÃO CELULAR
BENEFICIOS DO REIKI - DANIELA SERRA
Acupuntura e Oncologia
A Eficácia da Acupuntura no tratamento de rugas
Auriculoterapia
Acupuntura – Verdades e Mitos
Rua Henfil, 65 - Anhangabaú - Jundiaí - SP

Copyright © Espaço saúde Reiashi - Todos os direitos reservados