Artigos > Acupuntura – Verdades e Mitos

Acupuntura – Verdades e Mitos

Acupuntura – Verdades e Mitos

Dr. José Rubens

No transcorrer destes anos, atendendo pessoas de todos os tipos e classes sociais, recebi muitos questionamentos sobre como atuava a “mágica” das agulhas, se funcionava mesmo, se eram reais os benefícios obtidos, ou se era do imaginário da pessoa atendida.

Resolvi então juntar alguns destes questionamentos e tentar esclarecê-los.

1.  Acupuntura dói!  MITO - Apesar da técnica mais utilizada ser a punção de agulhas (finíssimas, sólidas e flexíveis), o paciente não sente dor. O que ocorre é uma leve sensação da “picada”, calor, formigamento ou leve pressão na área da agulha, que, após alguns minutos o paciente sente-se sonolento e com um profundo relaxamento. Muitas vezes a “dor” na acupuntura pode estar associada à ansiedade do desconhecido.

2.  Tenho medo de agulhas, e como acupuntura é feita somente com agulhas não faço uso desta terapia!  MITO – Acupuntura é um conjunto de técnicas que visam à estimulação de acupontos, a agulha é somente uma das técnicas. Estes pontos podem ser estimulados através do laser, magnetos, mesa, digitopressão, auriculoterapia, enfim, inúmeras outras técnicas não invasivas. Você pode sim se beneficiar do tratamento de acupuntura.

3.  Acupuntura é indicada para qualquer tipo de patologia (doença)! VERDADE – Partindo do principio de que a acupuntura trata o desequilíbrio energético com o qual o organismo do paciente esta sofrendo, neste sentido, todas as patologias podem ter uma melhora com a acupuntura.

4.  Não existe contra indicação para acupuntura!  MITO - a técnica trabalha com a “reorganização” da energia do paciente. Existem situações especificas nas quais não se recomendam a estimulação de alguns pontos: no caso de gestantes, pessoas de constituição física frágil e crianças.

5.  Não é necessária a utilização excessiva de pontos no tratamento!  VERDADE - Uma avaliação criteriosa do paciente pelo Acupunturista determina com exatidão a origem ou origens do problema de forma eficaz.  A partir daí é feita a escolha dos acupontos para tratar este desequilíbrio energético. Em geral com 4 ou 5 pontos, que se refletem em oito ou dez agulhas. Porém existem alguns casos em que se podem utilizar agulhas em maior ou menor número.

6.  Acupuntura só funciona se eu acreditar nela!  MITO - Mantendo uma atitude positiva, provavelmente, não só a acupuntura como também todo e qualquer tratamento, terá seus resultados otimizados. Porém, a maneira de atuação da acupuntura é mais complexa, pois estimula a liberação de endorfinas, afeta as reações imunológicas, o que independe da crença do paciente. Enfim, você não precisa acreditar, a fim de experimentar os seus benefícios.

7.  Acupuntura é um bom tratamento da dor!  VERDADE - as dores em geral respondem bem a acupuntura, uma vez que a técnica estimula a atividade das endorfinas, que são um analgésico do próprio organismo.

8.  As agulhas têm energia ou algum tipo de medicamento!  MITO - As agulhas são feitas de material inerte e elas não possuem “energia” ou qualquer outra substancia para fins terapêuticos. O que ocorre é que com o estimulo das agulhas em determinados pontos do corpo (acupontos), o organismo produz substancias analgésicas e anti- inflamatórias.

9.  As agulhas podem transmitir doenças como AIDS e hepatite de paciente para paciente!  MITO - As agulhas são de uso único e descartável, o que anula o risco de qualquer transmissão.

10. As agulhas podem ser aplicadas por cima da roupa!  MITO - Não se toma injeção ou vacina desta forma, não é correto? Apesar das agulhas serem finíssimas e aplicadas sob a superfície, é necessário o contato com a pele sem barreiras físicas

Entre VERDADES e MITOS, não se prive dos benefícios que a acupuntura pode trazer a sua vida.



Confira Também:

Tratamento de Parkinson
Terapia com Cone Hindu
Quando se fala em Acupuntura Estética...
Acupuntura sem agulhas
Posturologia
Acupuntura no tratamento da dor
Rua Henfil, 65 - Anhangabaú - Jundiaí - SP

Copyright © Espaço saúde Reiashi - Todos os direitos reservados